Público-alvo

A importância de conhecer a fundo o mercado onde deseja atuar!

Uma relação de envolvimento, necessita de intimidade, correto? Assim acontece com o namoro, até chegar o tempo de noivado e enfim o casamento.

Com a clientela não é diferente. Apesar de se ter que saber filtrar muitas coisas, o engajamento de flerte, encantamento, até a “pegada” final, seguem as mesmas técnicas de quando uma empresa deseja conquistar os consumidores.

A maioria dos empreendedores nem percebem isso, mas todo esse investimento na clientela, faz valer a pena, pelo simples fato de você passar a conhecer os gostos, os receios, os desejos e as necessidades do seu público-alvo.

O relacionamento com o cliente envolve mais que o fluxo de pedido, ou mesmo somente a venda ou o pós-venda. Para ter êxito na carreira empreendedora é preciso criar pretextos relevantes, manter contato, saber atrair a atenção, do contrário seu negócio é esquecido e logo a concorrência entra com ferocidade em destaque em busca de conquistar o seu cliente.

E não importa se foi a empresa que entrou em contato primeiro ou se foi o cliente. Portanto, todo empreendedor deve entender a importância de conhecer a fundo o mercado que deseja atuar, para assim saber negociar e conquistar com elegância e eficiência.

A máxima “entender para atender” resume bem o que simboliza essa questão. O namoro com o produto ou o serviço vem na sequência, logo depois que a atenção do cliente foi despertada. Por isso hoje mais do que nunca, tanto se investe em marketing de relacionamento.

Como um cliente pode saber que o seu produto é bom?

Sabe quando você olha para uma pessoa e a acha belíssima? No entanto, sem ter a experiência de conhecê-la melhor?

Pois bem; quando o cliente acessa um novo produto ou serviço, ele até pode sentir empatia pela oferta, mas sem conhecer melhor, acaba não comprando, pois ao mesmo tempo que há o encantamento inicial, outros fatos podem tirar o foco do cliente, fazendo-o ir em outra direção, então em vez dele se interessar pelo produto oferecido, acaba sendo atraído por outras pronúncias.

Aqui vale o destaque para que o empreendedor possa entender a importância de saber conectar e levantar o interesse de seu público-alvo, então, mais uma vez conhecer a fundo o mercado onde se deseja atuar, entra em destaque.

O que eles querem?

  • O que o seu público-alvo objetiva?
  • Como esse mercado busca ajuda em seu nicho de atuação?

Para entrar no mercado é preciso conhecer mais sobre ele, sobre os consumidores, anseios e dores do seu público em questão. A princípio isso pode parecer tolo, mas faz todo o sentido, depois que o empreendedor passa a compreender que tudo envolve psicologia. Ou seja, uma pessoa só vai atrás de algo se for motivado por um sentimento, desejo ou necessidade, e é nesse sentido que se precisa trabalhar corretamente.

Fazer uma pesquisa de mercado, um levantamento no bairro que pretende atuar é um passo importante e faz parte de uma estratégia de negócio bem aplicada.

O que eles consomem?

  • O que consomem?
  • Quando consomem?
  • E por quê consomem?

Essas perguntas também darão norte ao empreendedor que precisa se inteirar melhor de seu mercado, permitindo que se possa descobrir mais e mais a respeito do seu próprio negócio, podendo tomar as medidas necessárias seja para melhorar, mudar, ampliar e vender mais.

Qual o rendimento financeiro do público-alvo?

Não adianta construir um negócio de luxo em um bairro de classe baixa ou média. Por mais que o público almeje os produtos vendidos por empresas desse porte, não terá condições de investir seu capital nas ofertas.

Por isso, vale a pena investigar desde o bairro, classe social e financeira, antes de decidir se estabelecer em determinado ambiente.

Por fim, fica então a conclusão de que somente a partir do conhecimento e envolvimento gerado a respeito do mercado e do público-alvo é que se pode ter êxito com o próprio negócio.

Até a próxima!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1
Olá, como podemos te ajudar?
Powered by