GESTÃO FINANCEIRA

GESTÃO FINANCEIRA: VOCÊ ESTÁ COMETENDO ESSES ERROS?

A gestão financeira é um problema bastante recorrente nas empresas, independentemente do setor ou atividades envolvidas.

Mas, calma. Antes que você julgue que está tudo bem com a sua empresa, é preciso que você saiba do que estamos falando!

A gestão financeira é um conjunto de atividades que irão auxiliar o empresário a exercer um rigoroso controle sobre as finanças da sua empresa. Entretanto, o fato de as finanças da sua empresa estarem equilibradas, não significa que não existem problemas na forma como você conduz esse controle.

Então, vamos descobrir o que precisa ou pode ser melhorado e entender por que tantas empresas sofrem com uma gestão financeira ineficaz?

OS ERROS MAIS COMUNS DA GESTÃO FINANCEIRA

Dentre os padrões entre os erros da gestão financeira, existem alguns mais comuns, que podem ser apontados e corrigidos com maior facilidade, como esses que citaremos a seguir:

1- NÃO REGISTRAR TODAS AS MOVIMENTAÇÕES

Se existem erros que podemos chamar de clássico, esse certamente é um deles. Não é incomum que os gestores pensem que não existe qualquer problema em deixar de registrar certas movimentações financeiras. Às vezes, é possível que o empresário considere algo muito trivial e possua a crença de que se lembrará disso mais tarde.

Infelizmente, não é assim que as coisas funcionam. Na verdade, é imprescindível efetuar o registro de todas as movimentações.

Isso cria a garantia de que todas as informações registradas no extrato bancário estarão corretas. E, caso não estejam, será possível resolver os problemas.

Contudo, vale lembrar que essas divergências costumam ocorrer por parte do registro da empresa, e não do banco.

E isso nos leva ao próximo passo:

2- ÁGUA E ÓLEO

Despesas pessoais não devem se misturar com as da empresa, assim como as contas. A conta bancária deve ser mantida longe das despesas pessoais.

Não se deixe enganar. Aquela velha história de “é só uma pequena quantia” e “eu reponho depois” podem trazer sérias consequências para o planejamento da empresa, principalmente depois que você começar a adotar um controle financeiro mais rigoroso, com um fluxo de caixa eficiente.

E esse é o tema do próximo erro:

3- CONTROLE DE FLUXO DE CAIXA RUIM

Se a sua empresa não possui um registro eficiente das movimentações, certamente não terá um fluxo de caixa efetivo.

Mas, é preciso saber que essa é uma parte importante, pois permite entender para onde o seu dinheiro vai diariamente, além de te ajudar a compreender quais produtos são mais vendidos e a quantia que está entrando no seu caixa.

Esse controle permite ao empresário fazer um levantamento dos seus fornecedores. Será que não existem opções mais rentáveis, que podem proporcionar mais economia? Em alguns casos, ao fornecer dados, é possível obter descontos.

4- NÃO MONITORAR CONSTANTEMENTE

Quando falamos de despesas fixas, as pessoas geralmente pensam que estamos falando de algo imutável e que não pode ser otimizado.

Essa linha de pensamento é perigosa, pois impossibilita a verificação de despesas que estão consumindo uma quantidade excessiva de dinheiro, algo que pode ser um indicativo de problemas.

Despesas fixas nada mais são que o essencial que a sua empresa precisa gastar para funcionar. Entretanto, isso não significa que não existem alternativas mais viáveis e que possam fornecer resultados melhores.

Para ter maior compreensão sobre isso, investigue aquilo que você já paga e pesquise por alternativas.

5- NÃO UTILIZAR UM SOFTWARE DE GESTÃO FINANCEIRA

A não utilização de um sistema informatizado para a gestão financeira pode acarretar diversos problemas, incluindo os já citados.

Isso acontece porque o registro manual está suscetível a erros, enquanto um software de gestão financeira é mais exato e pode agilizar todo o processo.

Para se ter uma ideia, o software para gestão financeira oferece ao gestor informações detalhadas sobre a folha de pagamento dos funcionários, o controle de estoque, os relatórios de vendas e o fluxo de caixa, por exemplo.

6- NÃO POSSUIR UM CONTADOR

Embora seja possível utilizar um software para a gestão financeira, é preciso deixar claro que a presença do contador é essencial para o desenvolvimento de qualquer empresa.

Possuir uma contabilidade especializada no que o seu negócio faz permite a tomada de decisões de forma estratégica, garantindo maior chance de sucesso para os projetos e reduzindo riscos financeiros, além de garantir o equilíbrio da empresa.

Portanto, converse com seu contador e certifique-se de que todos os processos estão sendo cumpridos da forma correta.

Em caso de dúvidas, fale com a Contec. Será um prazer ajudá-lo.

Antes de ir, confira algumas dicas para tornar seu negócio mais lucrativo.

Sucesso e até a próxima!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1
Olá, como podemos te ajudar?
Powered by