Empreendedor

Empreendedorismo: Você sabe a diferença entre sonhar e empreender?

Todo empreendedor sonha em realizar algo, até o momento que o sonho deixa de ficar só no campo da mente, para assim se tornar realidade!

No empreendedorismo é preciso ter muita paixão, criatividade e ao mesmo tempo os pés no chão.

Os sonhos motivam o homem/mulher a chegar em algum lugar, mas não dá para viver só de sonhos, é preciso correr atrás e buscar a realização da concretização desse desejo, que em muitos casos, é até um pouco antigo.

O que é o sonho?

Qual empreendedor nunca sonhou?

O sonho é parte de um desejo ardente que arde no peito e na alma e faz com que o indivíduo se motive a perseguir seu sonho. A meta se baseia na realização do mesmo, de modo que a pessoa se aproxime cada vez mais de seu objetivo principal, até que obtenha aquilo que tanto objetivou.

Todo sonho envolve riscos e é aí que o empreendedor precisa enxergar as possibilidades que tem, ao realizar os seus desejos!

Nada de ficar parado!

Todo empreendedor precisa agir. A ação é que fará com que os desejos saiam do campo do faz de conta, para se tornarem algo real, palpável.

Muitos sonham, achando que um dia porventura, por sorte ou acontecimentos naturais, o sonho possa de alguma forma inusitada e/ou até meia estranha, se realizar, mas na verdade não é assim que funciona e acontece.

Por isso, é preciso direcionar os passos, planejar a rota e verificar se as metas estão dentro do escopo desejável.

Empreender e sonhar tem relação?

Não dá para empreender, sem nunca ter sonhado antes!

Mas empreender exige aquele salto no escuro, onde muitas vezes não se sabe bem ao certo, onde se poderá chegar ou no que resultará com todos os efeitos da realização daqueles objetivos/ sonhos.

Só que mais do que apenas mentalizar e visualizar algo, seja uma empresa, um império ou ainda que seja, um pequeno empreendimento, o empreendedor precisa entender que precisa atuar de forma planejada e guiada.

Imagine você dentro de um barco em alto mar, não tem mapa, nem bússola ou qualquer outra ferramenta que lhe sirva de orientação. Como ficaria?

Com certeza à deriva das ondas e até mesmo dos assaltos dos piratas. Por esse motivo que empreender necessita de ações assertivas, que envolve planejamento, direção e estratégias pautadas no desenvolvimento eficaz de um negócio.

Todo empreendedor precisa assumir riscos

Deixando o campo dos sonhos e caminhando sobre o alvorecer da realização do que se tanto planejou um dia, o empreendedor passa a se conscientizar que haverá riscos e que isso será inevitável.

Muitos por medo desses riscos, acabam por abandonar projetos ou adiá-los, pensando que o momento ainda não é propício, quando na verdade, muitas vezes, por ter essa atitude, acabam deixando verdadeiras oportunidades de progresso e rendimentos passarem – dando a vez para que outros empreendedores ganhem essa margem de sucesso.

Não existem negócios sem riscos, mas os riscos quando calculados de maneira apropriada, acabam compensando todos os esforços empreendedor, pois dá base, mostrando as ferramentas, fragilidades, oportunidades e pontos a melhorar.

Sendo assim, fica evidente que uma empresa não existiria, ainda que de forma projetada se o empreendedor antes, não tivesse sonhado com ela, no entanto, ela só passa a mostrar seus frutos, quando esse mesmo empresário, tende a arrancar do campo dos desejos, e colocar as metas em ação.

Aí sim, o empresário consegue superar as dificuldades e adversidade, para atuar com magnificência e excelência, porque acima de tudo, acreditou em si mesmo, acreditou em seu potencial e previu que o sonho poderia e pode sim, virar realidade!

Portanto, você saberá que não é mais um sonho, quando a concretização estiver em suas mãos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *