Post 1

As 08 dúvidas mais comuns do empreendedor iniciante!

contec

Empreender é uma característica muito forte do brasileiro, quase que por natureza temos a tendência de criar, de inovar, de construir, de fazer, de investir e de arriscar, isso faz com que encontremos boas soluções em muitos momentos difíceis da vida.

 

Mas na hora de pensar em algo sério, em investir nossas economias, em tirar do papel aquele plano antigo de trabalhar para você mesmo, iniciar uma fase nova na vida profissional, e colocar todo tempo que temos, e todo esforço para gerir um negócio próprio, estamos fazendo isso de forma correta? Alguns dados mostram o destino dos despreparados, dos aventureiros com pouca experiência que acabam ficando pelo caminho.

 

Segundo o SEBRAE a cada 100 empresas abertas no Brasil, pouco mais de 75 sobrevivem ao primeiro ano, note que estamos falando apenas do primeiro ano, esse número tende a cair nos próximos 3 e 5 anos. Então já podemos entender que o cuidado dos empreendedores iniciantes deve ser dobrado.

 

Mas não se desespere, mesmo sendo iniciante existem alguns passos que pode seguir para evitar cair nesses números negativos, e construir um empreendimento lucrativo. Vamos responder as 08 dúvidas mais comuns do empreendedor iniciante;

 

 

  1. Devo compartilhar minhas ideias?

    Sim! Esqueça o medo de que alguém pode acabar plagiando sua ideia, e você ficar na mão! Na verdade compartilhar sua ideia com outros empreendedores, principalmente aqueles que já possuem experiências, vai contribuir com seu novo negócio, e é um excelente começo para evitar algumas pedras no caminho, e você vai economizar tempo e dinheiro.

 

  1. Devo Ficar na informalidade?

    Não! Nosso jeitinho brasileiro tende a nos empurrar para isso, não formalizar o empreendimento, não abrir um CNPJ, se esquivar dos impostos, sendo esse ultimo um dos fatores com maior ocorrência. Porem não devemos esquecer que ficar na informalidade impede a empresa de crescer, de emitir notas fiscais, criar uma conta bancaria, ter uma maquina pra aceitar cartões, e ter acesso a empréstimos de incentivo.

 

  1. Devo separar as despesas pessoais das empresarias?

    Sim! Parece obvio? É parece mesmo, mas é um erro muito comum, quando as coisas apertam, temos a tendência de pagar as contas pessoais com o dinheiro da empresa. O conselho é ser bem rígido nisso, separar um valor mensal dos ganhos do negócio que é chamada de pró-labore, e o resto, investir no crescimento da própria empresa.

 

  1. Devo me preocupar com estoque agora?

    Sim! Se você vendeu deve entregar! Essa é uma preocupação que vai definir o futuro e se será um bom negócio, Vai fazer a diferença no inicio dele. Seja qual for o seu seguimento deve ser algo bem gerido, e com responsabilidade. E se trabalhar com produtos que possuem validade, a atenção é em dobro.

 

  1. Devo negociar com fornecedores?

    Sim! Lembra-se da pechincha? Funciona quase assim, negociar com seus fornecedores, é semelhante a economizar e cortar gastos. Iniciar seu projeto fazendo pesquisas e negociando vai conduzir seu empreendimento a um melhor aproveitamento dos recursos e melhores resultados. O empreendedor que agir assim chega longe.

 

  1. Eu não sei negociar o que devo fazer?

    Aprenda! Lembra da preocupação com o estoque? Então já é um bom exercício começar a negociar com fornecedores. E não precisa se assustar, faz parte de um processo de aprendizagem, que por mais que não tenha, é essencial para um empreendedor conduzir seu novo negócio.

 

  1. Devo inovar?

    Sempre! O que vai criar uma diferença e fazer seu negócio ser competitivo no mercado é saber inovar. Se destacar diante da maioria e da mesmice, fugir do comodismo e enfrentar desafios novos, investir em novos processos, atualizar serviços, e a cada dia almejar crescimento fazem parte da rotina de um empreendedor, e suas chances diante de um mercado tão concorrido serão muito melhores.

 

  1. Não quero fazer marketing agora, posso?

    Não! Na verdade estamos falando de algo mais simples do que realmente parece! Quer ideias; Envie e-mails para clientes e possíveis clientes, informe sobre promoções e novidades, crie um programa de fidelidade e esteja presente nas redes sociais. Comunicação deve ser adotada em qualquer negócio. É essencial nas fases iniciais, e imprescindível em todo o processo de crescimento da empresa.

 

 

Que tal empreender nesse momento de crise? Ao contrario do que muitos possam falar, é uma excelente oportunidade de se destacar, superar as expectativas e gerar um negócio de sucesso no mercado.  Nós da Contec estamos aqui pra te auxiliar nessa empreitada, e direcionar aos melhores caminhos.

 

Gostou desse post? Compartilha nas suas redes sociais, ficou com alguma duvida ou tem interesse em saber mais sobre isso? Não deixe de nos procurar.

 

Já está aplicando alguma dessas dicas? Conta pra gente ai nos comentários.

 

Abraços

Até a próxima!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *