Microfranquias é A Saída Ideal Para Driblar A Crise

Investir em microfranquias é a saída ideal para driblar a crise

O empreendedor que deseja abrir uma empresa é confrontado com diversos desafios que, principalmente para iniciantes, podem servir como um balde de água fria. Porém, há um modelo de negócio que vem conquistando cada vez mais adeptos: estamos falando de investir em microfranquias.

A oportunidade chega em boa hora, já que o Brasil se encontra em uma crise econômica. Segundo o SEBRAE, atualmente, a maior parte das empresas fecha antes de completar cinco anos de existência.

Pior: investir grandes quantias em projetos com taxas de retorno a longo prazo representa um risco desnecessário para qualquer empreendedor.

E é aí que as franquias entram. Ao apresentar um modelo de negócio com altas chances de retorno rápido, principalmente por conta de já ter certo peso no mercado. Além disso, as franqueadoras oferecem suporte e instruções para a rotina administrativa e outras tarefas que precisarão ser implementadas pelo franqueado.

Com todas essas facilidades, investir em uma franquia é apostar em uma grande oportunidade!

Mas é possível ir além. Para o empreendedor que quer um negócio com riscos ainda menores, é possível optar pelas microfranquias, que demandam um valor baixo de investimento inicial e, muitas vezes, permitem que o empresário trabalhe direto de casa, em regime home office.

O site Portal do Franchising cataloga as melhores franquias e, para se ter uma ideia, é possível investir em microfranquias com um investimento inicial a partir de R$ 1,500. Com isso, fica muito fácil investir em um negócio com grandes possibilidades de retorno!

Parece simples, não é? Muitos jovens de 25 a 30 anos de idade costumam optar por esse modelo de negócio, que funciona como uma fonte de renda extra e pode ser administrado em casa.

Entretanto, os limites estão na criatividade do empreendedor. Investir em microfranquias não significa, necessariamente, ter uma renda complementar. Na verdade, é possível trabalhar unicamente com a sua microfranquia. O que dita a escolha é o trabalho desenvolvido pelo empresário.

Mas o empreendedor precisa saber o que está fazendo. Afinal, apesar de ser baixo, o risco ainda é um risco.

OS CUIDADOS AO INVESTIR EM MICROFRANQUIAS

Apesar da comodidade trazida pelo modelo de negócios das microfranquias, investir na criação desse tipo de empresa requer o entendimento de que a administração de uma microfranquia funciona da mesma forma que a de uma empresa comum.

A diferença está na forma de trabalho que, nos modelos mais baratos, costuma ser realizado em casa – o regime home office.

Portanto, é preciso se atentar a alguns pontos que farão a diferença na eficácia do seu trabalho:

Para isso:

  • Estude o mercado e os seus clientes;
  • Invista na criação de um planejamento tributário;
  • Tenha equipamentos capazes de satisfazer todas as necessidades do seu trabalho, incluindo uma conexão de qualidade com a internet;
  • Garanta que os assuntos de casa não se misturem com os do trabalho;
  • Faça um controle rigoroso sobre as finanças.

Para começar, será preciso pesquisar bastante e entender as necessidades e desejos dos seus futuros clientes. Entenda como funciona o mercado, quem são seus concorrentes e invista na criação de diferenciais para obter êxito e se lançar à frente da concorrência.

Coloque tudo na ponta do lápis. Registrar é parte essencial de todo negócio e, por isso, você precisará ter certeza dos custos de cada investimento, desde a taxa inicial para se tornar um franqueado até o custo dos elementos que tornarão a sua microfranquia relevante para o cliente.

Esteja por dentro de todas as taxas que você deverá pagar com a sua empresa. Para isso, invista na contratação de uma contabilidade especializada em microfranquias e que possa oferecer um serviço adequado ao segmento do seu negócio.

Acredite: uma contabilidade de qualidade dá mais liberdade para o empresário se dedicar a outras tarefas que demandam sua atenção e, consequentemente, são vitais para aumentar as possibilidades de obter lucro.

Um outro ponto importante é realizar um planejamento tributário. Com uma contabilidade que esteja a par das obrigações tributárias da sua empresa. Isso proporcionará uma economia considerável. Boa parte das empresas paga mais impostos que o necessário e, certamente, você não vai querer fazer parte desses números.

Respeite o horário de trabalho e não misture os assuntos de casa com o que você precisa fazer na sua microfranquia. Você poderá fazer algumas pausas, mas priorize o seu serviço.

Por fim, controle as finanças. Faça todos os lançamentos em uma planilha, a fim de comparar com as movimentações financeiras na sua conta bancária. Quaisquer divergências deverão ser investigadas e resolvidas.

Entre em contato com uma contabilidade especializada e garanta que todos os processos de abertura e gestão financeira da sua empresa sejam facilitados, poupando transtornos e evitando desafios.

Agora, basta escolher a microfranquia ideal para o seu negócio e começar a investir.

Em caso de dúvidas, entre em contato conosco. Será um prazer falar com você!

Sucesso e até logo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *